quinta-feira, maio 11

Desde que te tenho


Desde que te tenho. 
Desde que te tenho, o meu sorriso não dá folgas. A barriga dói de tanto rir e o peito arde de tanto amar. 
Desde que te tenho que os meus sonhos ganharam vida. A vida vive-se num sonho sem medo de acordar. 
Desde que te tenho, que sei pintar os dias com mais cores, com todas as formas e texturas.
Desde que te tenho, sei que a fé não viu em mim crenças, mas que nela eu já creio em muitas alturas.
Desde que te tenho, que o AMAR é verbo presente, futuro e infinito.
Não há conjugações que expliquem o quanto e como és o meu SER favorito! 


Sem comentários:

Enviar um comentário