sexta-feira, abril 21




Porque acredito em parcerias em que a chave do sucesso está na paixão pelo que se faz, é com um enorme prazer que vos apresento a nova rubrica em parceria com a querida e talentosa Ana Rocha®! A Ana para quem ainda não conhece, é, como ela própria diz, arquitecta de formação e fazedora de sonhos de coração. É com um enorme gosto que apresento a rubrica Sonha com as Estrelas

...Vamos sonhar?! Uma fonte de Inspiração e conhecimento. Ninguém melhor que a pessoa que acredita que 'O sonho comanda a vida', para dar vida aos nossos sonhos! 
Com esta rubrica queremos ajudar quem goste deste mundo de decoração e design de interiores tanto quanto nós e que tenha vontade de iniciar um projeto ou até mesmo a re-decorar um espaço e que queira mais umas luzinhas para a guiar. Um verdadeiro guia de iniciação para que se sinta mais segura nas suas escolhas. Propomos algumas etapas a serem debatidas. E nesta primeira crônica, propus à Ana que nos falasse um pouco do básico sobre dicas de decoração e organização do quarto do bebé. Para além de poderem seguirem por aqui e na própria página e site da Ana, ela irá lançar em Maio um workshop sobre esta matéria. Quem estiver interessado em se envolver mais neste tema , acho uma excelente oportunidade.

Assim vos deixo as questões que lhe fiz nesta primeira fase e espero que gostem e se sintam tão inspiradas quanto eu
___________________________

Querida Ana, antes de mais quero agradecer esta oportunidade de nos presenteares com as tuas sábias sugestões e com o teu bom gosto inegável. Sinto muito orgulho em falar em parceria com alguém de quem já admirava o seu trabalho há algum tempo e agora ainda mais depois de conhecer a pessoa por detrás da marca. Uma mãe, arquiteta, designer e acima de tudo uma sonhadora incurável ! Adoro! 

🌿 Que essenciais consideras mais importantes quando falamos num quarto de bebé?
Quando falamos de um quarto de bebé, mais importante que o mobiliário ou peças de decoração, é conseguirmos ter um espaço organizado e funcional.
É normal que os papás não acertem à primeira, principalmente, quando se trata do quarto do seu primeiro bebé, mas o meu conselho é tentarem não adquirir peças / mobiliário em excesso que torne o quarto confuso e pouco funcional.
Os papás podem, por exemplo, tentar “demarcar” três zonas para organizar o quarto do seu bebé, zonas/áreas estas que alteram consoante a idade do bebé.
Dou um exemplo, para um bebé até aos  6-12 meses não faz sentido ter no quarto uma zona para brincar, assim podemos dividir em Dormir / Vestir – Banho / Relax – Amamentação – Mimo.

🌿 Como começar? Tenho um quarto em 'branco', o que devo pensar primeiro?
Primeiro e antes de qualquer outra coisa, acho importante pensarmos: Quanto é que vou gastar?
Isto vai-nos ajudar a definir de imediato que tipo de marcas podemos adquirir, tanto para as peças de decoração, como o mobiliário.
Aqui os pais podem optar por gastar mais e adquirir um mobiliário que se adapte aos primeiros anos do bebé. Ou então optarem por comprar peças mais económicas com o intuito de irem adaptando e mudando o quarto consoante a idade e os gostos do bebé.
Depois de um orçamento definido, devemos escolher um tema e/ou uma paleta de cores e definir as várias zonas/áreas que queremos no quarto, como por exemplo: Dormir / Vestir / Brincar.

🌿 E se não tiveres ideia de orçamento, como aconselhas a melhor forma de orientação?
Acho que a melhor forma de orientar os pais é perceber o que estes pretendem para o quarto e quais as suas possibilidades financeiras.
No entanto garantimos que existem muitas soluções criativas e de qualidade, basta é procurar e esse é o meu principal trabalho e objectivo.
Garantir que, independentemente, do valor orçamentado se consigam soluções funcionais, sustentáveis e criativas para os quartos das nossas crianças.

🌿 Que objetos consideras o 'ponto chave' na decoração do quarto? 
Todas as peças de decoração são válidas, no entanto devemos escolher peças que representem o bebé, a sua história, a sua personalidade, gostos, rotinas…
Só assim conseguirão um quarto cheio de significado e muito pessoal.

🌿 Normalmente centramo-nos muito na decoração, mas o mobiliário é algo bastante importante a ter em conta. Concordas? Que tipo de peças aconselhas para que possam servir não só numa primeira fase, mas também que possamos ir adaptando ao ritmo do crescimento do bebé?
A decoração é a parte criativa e o mobiliário a parte funcional de um quarto. Temos sempre mais tendência para gostar daquilo que é mais criativo e espontâneo, mas o mobiliário é, sem dúvida, o mais importante de um quarto. É ele que nos ajudará também a organizar e definir o espaço.
Quando criei a linha de mobiliário Love, pretendi criar peças que fossem funcionais, sustentáveis e que se adaptassem ao crescimento do bebé.
A cama de grades / berço “Love” é uma excelente opção para quem pretende uma cama evolutiva.
Numa fase inicial a cama é utilizada com as grades e com o trocador/fraldário encaixado nas laterais.
Como o bebé é muito pequenino o trocador poderá estar sempre apoiado no berço, facilitando assim a muda da fralda e economizando espaço.
Quando o bebé já for mais autónomo as grades podem ser retiradas (apenas uma ou ambas), fazendo com que esta possa ser utilizada até aos 3/4 anos.
As grades amovíveis também permitem colocar o berço junto à cama dos pais, nos primeiros meses, facilitando assim a interação da mãe com o bebé durante a noite.
A cama de grades está também equipada com um gavetão onde poderá guardar todos as peças necessárias aos primeiros meses do bebé, não precisando assim de móveis extra junto ao berço.

Quando o bebé crescer e ficar mais autónomo aconselhamos mobiliário que o permita viver essa autonomia de forma segura, e aí entra o método montessori, do qual sou adepta. Devemos criar espaços que fomentem a criatividade e a curiosidade da criança para que esta aprenda de forma autónoma e segura.

🌿 Sei que tens desenvolvido alguns projetos de espaços em torno do método Montessori. Fala-nos um pouco sobre isso e como achas que se pode adaptar a cada fase do bebé.
"A curiosidade é um impulso para aprender."
(Maria Montessori)

Basicamente queremos criar espaços que fomentem a curiosidade da criança.
Mais do que um método é uma ideologia de vida, que confere à criança mais autonomia, liberdade para aprender e descobrir o mundo.
Este método pode ser aplicado a todos os aspetos da vida do bebé, e eu decidi torna-lo no meu mote de inspiração para os quartos dos “meus” bebés.

Convido todos os pais a inscreverem-se no meu novo Workshop onde vou sobre no método Montessori que, tal como já referi, pode ser aplicada na educação da criança, na forma como brinca, na organização do quarto ou casa...  Vamos falar sobre como criar espaços funcionais, seguros e desafiantes, e iremos adaptar estas teorias à prática dos vossos espaços.

🌿 Deixa-nos as tuas melhores dicas de criação e decoração para iniciantes!!
Então, papás, antes de tudo coragem e “descompliquem”!!
1.      Definir orçamento – Muito importante!!
2.      Definir tema e/ou paleta de cores!
3.      Criar diferentes áreas, consoante a idade da criança.
4.      Perceber que tipo de mobiliário precisa e não comprar peças em exagero, para mantermos a funcionalidade e fluidez do quarto.
5.      Mimar o quarto com peças decorativas que representem o bebé, como as nossas ilustrações, molduras Baby Birth Story, Almofadas Wing…

Gostaram?! Querem mais?!  Para a próxima rubrica vamos querer saber as vossas dúvidas e sugestões de questões para fazer à Ana!! Se ficaram com vontade de saber mais falem connosco! Estamos aqui, juntas, para isso mesmo. Para vos ajudar a inspirar e acompanhar nesta viagem. 

Estejam atentos à pagina da Meia Lua no facebook pois iremos ter uma surpresa deliciosa para a seguidora mais inspiradora ;)

Beijinhos,

Mafalda e Ana
________________________________

Para mais informações e opções de contato, espreitem:
~
Ana Rocha 
Facebook .  @anarochakidstore 
Instagram .  @anarocha_kidsbrand
~
Meia Lua - Mom. Life Lover.
Facebook . @mmeialua
Instagram . @mmeialua

Sem comentários:

Enviar um comentário